Acesso rápido >> Home | Sala de Web | Teleconsultoria Salus | Teleconsultoria Ao Vivo | Cursos | Fale Conosco
Abertas inscrições para o Mestrado Profissional em Saúde da Família

Abertas inscrições para o Mestrado Profissional em Saúde da Família

prazoEstão abertas até o dia 24 de outubro, as inscrições para o Mestrado Profissional em Saúde da Família, com 200 vagas disponíveis para todas as 27 unidades federadas. Para o Distrito Federal, foram destinadas quatro vagas sob a supervisão da Fiocruz Brasília. O curso, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES/MEC), será semipresencial, realizado na modalidade ensino a distância com oito encontros presenciais.

O curso é direcionado exclusivamente para profissionais médicos, com registro no CRM/CFM, que deve atender uma das seguintes situações:Ser docente de graduação e/ou residência em medicina;Ser preceptor e/ou tutor de residências médicas e/ou graduação médica e/ou do Programa Mais Médicos;Ser profissional médico com atuação na atenção básica.

Promovido pela Rede Nacional do PROFSAUDE/MPSF, integrada por 23 instituições de ensino e pesquisa, o curso tem por objetivo formar profissionais aptos a atuarem como preceptores para graduação e residência médica em Saúde da Família, com o intuito de contribuir para a melhoria do atendimento dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS); fortalecer as atividades educacionais de produção do conhecimento e de gestão na Saúde da Família nas diversas regiões do país; estabelecer uma relação integradora entre o serviço de saúde, os trabalhadores, os estudantes na área de saúde e os usuários.

Inscrições
As inscrições serão realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição constante do edital e enviadas via SEDEX junto com documentação exigida. O processo de seleção terá três etapas: uma prova de inglês, uma de conhecimento específico e, por último, prova oral, análise do currículo e da carta de intenção.

– > Clique aqui para acessar o edital.

Veja o número de vagas por estado: MG (24); SP (18); RS (14); PE e CE (11); RJ e AM (10); PI (09); GO e RO (08); RN, MA e PR (07); BA e MT (06); MS, PB e PA (05); TO, DF, ES, SC e AL (04); AC (03) e, por fim, SE, AP e RR (02).

Fonte: Comunicação interna do Ministério da Saúde, com informações da Fiocruz

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu

Pin It on Pinterest